quarta-feira

Mania de menina...

Para os meninos as meninas são trombolhos quando se metem nos "brinquedos
de homens", mas quando não há companheiros são parceiras ideais na maquinação
de travessuras, nas grandes expedições de territórios, nos encargos de ordenanças.
Como as rolinhas, meninas formam bandinhos que estão sempre juntos.
A despeito das predileções, fofocas e discriminações que agitam essas pequenas
colméias, elas não se desmancham nunca, pois são feitas para isso mesmo. 


Um dia a menina vai vestir o vestido de baile da mamãe, calçar seus sapatos
de salto alto, pintar a cara de rouge e batom, se perfumar com o vidro inteiro
de Chanel n°5. Outro dia desfará todo o guarda-roupas para polvilhar de talco os lençóis, as colchas, as fronhas, os guardanapos, as toalhas de banho, de rosto, 
de mesa e, por fim também a irmãzinha menor. (Nesta última operação

o talco poderá vir a ser eventualmente substituído por creme hidratante,
mel de abelhas e até mesmo por molho de macarronada).
Meninas gostam de vestidos e sapatos novos, principalmente de sapatos.
Adoram colares, anéis e pulseiras, dos quais se livram tão logo a mãe não esteja
olhando. Entram em salões de festas como princesas caminhando para o altar
- e quinze minutos depois se transformaram miraculosamente em gatas-borralheiras.
Nas casas onde há meninas, as mães se vestem e se cuidam melhor a fim
de não serem passadas para trás; os meninos não se comportam melhor (pelo
contrário) mas aprendem a dar flores de presente; os pais se tornam mais empostados
e gentis, para não perderem sua posição de príncipe e sua imagem de rei.
Uma menina - se disse - é uma flor: uma mensagem de pureza, uma beleza
gratuita e permanente, um gesto sempre inesperado de bondade e de carinho.

Uma menina - como se disse - é um poema: nunca dará a ninguém a dureza

necessária à vida, mas estará sempre irradiando uma advertência de encanto,
de alegria de que - apesar de tudo - vale a pena. 
Yan Marten
Coisinha mais fofa essa menina!

Blog de minahzika : Blog da Any'h, Barrinhas e divisórias para orkut  {2}

segunda-feira

Cabelos danificados

 

O que faz um cabelo ficar danificado?

  • Descoloração. É o processo químico que mais danifica o cabelo, pois, além de destruir os pigmentos, oxida os aminoácidos, sendo que de 15 a 45% da cisteína é destruída.
  • Outros tratamentos químicos, como alisamento, escova progressiva com formol, permanentes, tinturas (quando forem de má qualidade) e decapagem (retirada da coloração dos fios).
  • Raio ultravioleta da radiação solar.
  • Secador e chapinha em excesso.
  • Exposição frequente ao ar condicionado.
  • Xampu com grande concentração de detergente.
  • Vento, poeira, cloro e falta de umidade do ar.

Hidratação Capilar

Uma das melhores opções para se tratar de cabelos danificados e ressecados é repor a umidade natural dos fios através de uma hidratação capilar.  A hidratação é uma das formas mais práticas para tratar cabelos danificados. Pode ser feita em casa ou em salão de beleza, com produtos caseiros ou cosméticos.
Blog de minahzika : Blog da Any'h, Barrinhas e divisórias para orkut  {2}

Dicas para ter unhas bonitas

 
Toda menina gosta de ter unhas bonitas e bem feitas. Mas mais do que um bom esmalte e uma boa manicure, é necessário ter alguns cuidados para manter suas mãos e unhas bonitas, saudáveis e com uma boa aparência. A seguir, cuidados que podem ser tomados em qualquer lugar, inclusive em casa, para evitar micoses e unhas fracas.
  • Mesmo se não fizer as unhas em casa, mantenha no banheiro um “kit manicure” para ser usado em emergências, como uma festa inesperada ou quando sua unha quebra ou seu esmalte lasca.
  • Tenha nesse kit lixa de unha, palitos, esmaltes (um bem claro e outro de sua cor de preferência), base de unhas, removedor de esmalte, algodão, cortador de unha e alicate.
  • Cuide quando for cortar a unha sozinha. Cortes mal feitos facilitam o encravamento das unhas. Se não tiver prática, prefira sempre ir à manicure.
  • Se as suas unhas estiverem quebradiças, passe uma base fortificante, cuide da alimentação, e mantenha as mãos hidratadas e longe de produtos químicos que ressecam as mãos como alvejantes e detergentes.
  • Perca a mania de retirar a cutícula. Só as brasileiras têm essa cultura, e isso é uma porta de entrada para bactérias e micoses. Apenas retire os excessos de pele e aqueles “arrepiadinhos” que incomodam.
  • Leve sempre o seu alicate e a sua lixa de unha quando for ao salão. Isso evita acontaminação de várias doenças, como AIDS, hepatite e micoses.
  • Não use esmalte direto. Uma vez por mês fique um tempo sem esmalte para que a unha “respire”.
  • Não use acetona, mas sim removedor de esmalte. A acetona deixa as unhas ressecadas e quebradiças, pois sua composição química é muito forte.
Blog de minahzika : Blog da Any'h, Barrinhas e divisórias para orkut  {2}

Algumas maneiras de disfarçar as espinhas

 
1- Nunca esqueça de remover a maquiagem, por menos que você use.
Os produtos entopem os poros e podem gerar espinhas.
2- O removedor de maquiagem acabou?
Passe no rosto um algodão com um pouco de hidratante. Depois, lave com sabonete neutro para tirar o excesso de oleosidade do creme.
3- Evite espremer uma espinha, a qualquer custo.
Saia da frente do espelho, respire fundo, mas tire a mão daí.
A espinha some, mas a cicatriz fica.
Em vez de mexer, aplique um produto secativo, que acelera sua maturação.
4- Apesar de ajudar muito, a limpeza de pele não deve ser feita quando as espinhas estiverem no auge da inflamação –
quando cutucá-las pode piorar ainda mais a situação.
5- Se você já não agüenta mais e resolveu espremer, pelo menos faça direito:
quando a espinha estiver amarela, fure-a com uma agulha descartável. Depois molhe um algodão com água morna e coloque em cima.
“Então enrole os dedos em uma gaze e pressione de baixo para cima, com os dedos afastados da região machucada”, ensina a dermatologista Rosemari Mazzuco.
Por fim, use um cotonete com álcool para desinfetar.
Importante: use uma agulha para cada espinha e, depois, jogue fora.
6- Agora é sério: aquelas espinhas que não ficam debaixo da pele, sem estourar e doendo horrores, não devem ser manipuladas de jeito nenhum – podem virar uma inflamação brava.
7- Tire o cabelo da cara. Quando você usa franja ou vive com o cabelo caindo no rosto, a oleosidade do couro cabeludo se transfere para a pele, que fica mais sujeita às espinhas.
8- Vitaminas regulam a oleosidade da pele, sabia?
As melhores são as do complexo B,presentes nos cereais e nas carnes magras. Mas não vale tomar suplementos: doses altas demais causam o efeito inverso, ou seja, o aparecimento de espinhas.
9- Capriche no consumo de verduras de cor verde-escura, como brócolis e espinafre.
Elas são ricas em vitamina A, que reduz a produção de sebo.
10- Comeu chocolate e, no dia seguinte, lá estão elas?